avozmissionaria@hotmail.com

Pesquisar este blog

Postagem em destaque

Nove entre dez brasileiros atribuem a Deus sucesso financeiro

Nove entre dez brasileiros dizem que seu sucesso financeiro se deve a Deus, mostra pesquisa Datafolha. A porcentagem supera 90% ent...

31 de Outubro: Dia da Reforma Protestante e Dia Nacional da Proclamação do Evangelho


“A paz se possível, mas a verdade a qualquer preço.” Martinho Lutero.
A Reforma Protestante foi uma verdadeira guerra pela verdade. O preço pago para dividir as águas entre a igreja medieval controlada pelo Estado e a igreja contemporânea foi altíssimo. O dia 31 de outubro ficou conhecido como o “Dia da Reforma Protestante”, dia em que Martinho Lutero fixou suas 95 teses na porta do Castelo de Wittenberg, na Alemanha. Nesse dia, líderes de muitas igrejas se reuniram em praças públicas, o povo estava alvoroçado e muitas pessoas ficaram assustadas com aquele movimento.
Foi um perído de grandes manifestações e protestos e, naquele meio, “extremistas religiosos” se aproveitaram da situação para iniciar um período de guerra. Muitas igrejas e mosteiros foram saqueados e incendiados, padres e monges foram atacados violentamente, muitos queimados vivos, o exército entrou em ação e muitos inocentes morreram. Essa não é uma realidade distante da Igreja Perseguida.
Basta que um cristão assuma sua fé em público e fale abertamente sobre a verdade que conheceu através das Escrituras, que sua vida está em risco. Parece que a “reforma” do mundo através das boas novas ainda tem um preço alto para quem decide seguir os passos de Jesus Cristo. Todos aqueles que desejam ser transformados em países que rejeitam o cristianismo enfrentam uma guerra em todos os aspectos da vida, seja cultural, social, espiritual e até mesmo no convívio com seus familiares, dentro de suas próprias casas.
Nesse dia, nós que fazemos parte da igreja livre de perseguição, vamos aproveitar essa liberdade para orar e clamar pelos nossos irmãos perseguidos. No Brasil, a data foi conquistada de maneira oficial como o “Dia Nacional da Proclamação do Evangelho”, através da lei de nº 13.246, do dia 12 de janeiro de 2016. Uma lei como é inimaginável em países que professam a fé islâmica e que a impõe a toda população. Sejamos gratos a Deus pelo privilégio de ter uma Bíblia e de poder estudá-la livremente. Ore para que a palavra de Deus prevaleça no mundo inteiro. “Por isso Deus o exaltou à mais alta posição e lhe deu o nome que está acima de todo nome, para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, no céu, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai.” (Filipenses 2.9-11)

Portas Abertas 

0 comentários:

Postar um comentário