avozmissionaria@hotmail.com

Pesquisar este blog

Postagem em destaque

Lista de Dirigentes de Congregações - 2017 da IEADERN

Veja a Lista de Coordenadores de cada Setor e Dirigentes de Congregações em Natal-RN pela Igreja Evangélica Assembléia de Deus no estado do...

Faça um Compromisso com Deus, doe um valor mensalmente e apoie nosso ministério missionário



ORACÃO E CONTRIBUIÇÃO MISSIONÁRIA:
Se desejares dar as mãos à família Marques com
oração e contribuição missionária leia 2 Cor 9.7:

"Cada um contribua segundo propôs em seu coração,
não com tristeza ou por necessidade;
porque Deus ama ao que da com alegria".

Se desejares, poderás assumir um compromisso mensal.
Se sentir direção de Deus em seu coração,
você poderá sugerir a algum amigo seu,
ou você mesmo poderá fazer uma
transferência ou depósito
na seguinte conta:

SER PASTOR É CRIME?

Em alguns países o trabalho de missionários cristão pode encontrar grandes desafios, e até mesmo ser considerado um crime. Um exemplo recente aconteceu no Estado de Lalmonirhat, em Bangladesch, onde foram espancados e presos por pregar o evangelho a muçulmanos.
Dois pastores protestantes que estavam dirigindo um culto na região foram presos sob a acusação de “ferir os sentimentos religiosos”. Um dos presos é o pastor Mondol Arif que dirige uma igreja em Lalmonirhat. Os membros da igreja pastoreada por Mondol se reúnem em uma casa semanalmente.

Os pastores foram acusados após um incidente no mês passado, quando estavam batizando algumas pessoas em um dos cultos junto com um pastor convidado pela congregação. Durante a cerimônia, apareceu um grupo de muçulmanos irados e os atacou. O evento irritou ainda mais os líderes muçulmanos da região quando estes descobriram que o batismo que estava sendo realizado era para ex-muçulmanos que haviam se convertido ao Cristianismo.
Então, mais de 100 muçulmanos, liderados por clérigos, reuniram-se na igreja e começaram a questionar os pastores sobre o porquê de estarem tentando difundir o Cristianismo entre os muçulmanos. Quando os pastores responderam que não precisavam de autorização para realizar os cultos, a multidão que se reunia no local os atacou e começou a espancá-los.


Apesar de Bangladesch não ter leis contra a evangelização, os relatos são de que minoria cristã enfrenta constante perseguição por sua fé na região.

Fonte: gospelmais

Líderes evangélicos saem em defesa de Israel e criticam Dilma

condenação do governo Dilma Rousseff à ação militar israelense em Gazagerou forte reação contrária de líderes evangélicos brasileiros, expondo os crescentes laços entre igrejas protestantes e o governo de Israel.
A mobilização evangélica teve início em 23 de julho, quando o governo federal divulgou uma nota condenando os ataques israelenses em Gaza e convocando o embaixador brasileiro em Tel Aviv para consultas.
No dia seguinte, cerca de 80 pessoas – em sua maioria evangélicos – foram ao Ministério de Relações Exteriores protestar contra a decisão.
Uma das organizadoras do ato, a pastora Jane Silva – que preside a Associação Cristã de Homens e Mulheres de Negócios e a Comunidade Brasil-Israel – diz que líderes evangélicos de vários Estados e de diferentes igrejas compareceram à manifestação.
Com o apoio do deputado federal Lincoln Portela (PR-MG), um dos principais nomes da bancada evangélica no Congresso, Silva marcou uma audiência no Itamaraty para expressar a insatisfação do grupo. Eles foram recebidos pelo embaixador Paulo Cordeiro, subsecretário-geral do órgão para África e Oriente Médio.
"Ficamos ofendidos e magoados com a postura do governo brasileiro, que para nós não condiz com a posição da população cristã brasileira em relação ao conflito", diz a pastora à BBC Brasil.

Brasil condena Israel por 'uso desproporcional da força'




O governo brasileiro disse nesta quarta-feira condenar "energicamente" o "uso desproporcional da força" pelo Exército israelense na Faixa de Gaza.

"O Governo brasileiro considera inaceitável a escalada da violência entre Israel e Palestina. Condenamos energicamente o uso desproporcional da força por Israel na Faixa de Gaza, do qual resultou elevado número de vítimas civis, incluindo mulheres e crianças", informa a nota divulgada pelo Itamaraty.

No breve comunicado, o governo também fez um novo apelo "a um imediato cessar-fogo entre as partes".

"Diante da gravidade da situação, o Governo brasileiro votou favoravelmente à resolução do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas sobre o tema, adotada no dia de hoje (quarta-feira)", acrescenta o texto.

A resolução condena o governo israelense pela ofensiva e cria uma comissão para investigar crimes e violações do direito internacional durante a operação militar.

O documento foi aprovado por 29 dos 47 países-membros do Conselho. Os Estados Unidos, aliados de Israel, foram os únicos a votar contra a resolução. Outros 17 países, em sua maioria europeus, se abstiveram.

Marido de sudanesa condenada à morte diz não ter sido avisado sobre libertação


O marido da mulher que foi condenada à morte no Sudão por ter abandonado o Islã disse à BBC que não foi informado sobre sua libertação.


No sábado os noticiários diziam que um representante do Ministério de Relações Exteriores havia confirmado que Meriam Ibrahim, que deu à luz a uma menina enquanto estava presa, seria libertada em alguns dias.

Sudanesa é libertada após ter pena de morte por conversão ao cristianismo anulada


O Tribunal de Apelação de Cartum cancelou nesta segunda-feira (23) a condenação à pena de morte ditada contra a médica sudanesa Mariam Ibrahim Ishaq, de 27 anos, que foi sentenciada por se converter ao cristianismo.

Sudão anuncia que vai libertar cristã condenada à morte por renegar Islão



O subsecretário dos Negócios Estrangeiros sudanês, Abdullahi Alzareg, revelou à BBC que a jovem médica deverá ser libertada nos próximos dias, na sequência das críticas, que chegaram um pouco de todo o mundo, à pena aplicada. Meriam Yehya Ibrahim (o seu nome cristão), de 27 anos, foi condenada, no dia 15 de maio, a 100 chicotadas por adultério e à morte por enforcamento pelo crime de apostasia. Na altura, estava grávida de oito meses.

Sudanesa condenada à morte por renunciar ao islã dá à luz acorrentada




O marido da sudanesa Mariam Ishaq, 27, condenada à morte por se converter ao cristianismo, afirma que a mulher deu à luz acorrentada na prisão. O parto em um hospital não foi autorizado pelas autoridades do Sudão.

Sudanesa grávida é condenada à morte por se converter ao cristianismo

Um tribunal do Sudão condenou nesta quinta-feira à morte a médica Mariam Ishaq, de 27 anos, grávida de oito meses, por ter se convertido ao cristianismo, mas a pena só será aplicada em dois anos, informaram à Efe fontes da Defesa.

NÃO TENHO VERGONHA PORQUE O BRASIL PERDEU A COPA.

NÃO TENHO VERGONHA PORQUE O BRASIL PERDEU A COPA. A COPA É JOGO. E JOGO É IMPREVISÍVEL.

TENHO VERGONHA DO DESCALABRO MORAL QUE TOMOU CONTA DO BRASIL AO LONGO DE SUA HISTÓRIA, E SE ACENTUOU DE MODO TERRÍVEL NOS ÚLTIMOS ANOS.

Sem remédio, clínica usa palavra de Deus para tratar viciados


Em barracos de madeira e lona, sem nenhum profissional da saúde nem remédios, uma igreja evangélica de Campo Grande (MS) oferece "tratamento" gratuito para dependentes químicos.

O idealizador da Clínica da Alma, mantida com doações, é o pastor Milton Marques, um ex-viciado em drogas.

No interior da BA, prostíbulo vira igreja evangélica

Após quase 40 anos, uma casa de prostituição do interior da Bahia fechou as portas e promoveu uma reviravolta em seu ramo de atividade: virou igreja evangélica.

Os antigos frequentadores que passam por Jequié (a 365 km de Salvador) logo percebem a mudança radical. Na fachada, leem "Onde abundou o pecado, superabundou a graça", mensagem da Assembleia de Deus Madureira.

Dia do Pastor - Segundo Domingo de Junho - Brasil



O Jornal Batista de 08/06/1975 traz uma nota sobre DIA DO PASTOR da autoria de J.R.P. que assim nos informa: “Quem teria instituído esse dia? Parece que a idéia não surgiu nos Estados Unidos onde os pastores sempre tiveram muito conceito e influencia. Pelo menos não temos lido nos jornais evangélicos norte-americanos qualquer coisa a respeito de um dia especial consagrado aos pastores.

Escolas de SP acabam com “O Dia das Mães” e instituem o “Dia dos Cuidadores”.


Escolas de SP acabam com “O Dia das Mães” e instituem o “Dia dos Cuidadores”. Viva o fim da família, prefeito Fernando Haddad!

Pois é, pois é… Recebi na Jovem Pan a informação de um pai indignado, morador de São Mateus, na Zona Leste de São Paulo. Na semana passada, as instituições públicas de ensino em que seus filhos estudam deixaram de comemorar o tradicional “Dia das Mães” para celebrar o inovador “Dia de quem cuida mim”.

Dilma sanciona lei que torna crime hediondo o abuso sexual infantil


A presidente Dilma Rousseff (PT) sancionou nesta quarta-feira (21) o projeto de lei aprovado pelo Congresso que torna crime hediondo o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. A cerimônia de sanção contou com a presença da apresentadora de TV Xuxa Meneghel e a ministra Ideli Salvatti (Direitos Humanos).

I Seminário para a família



Desde quinta-feira 17 até 20 de abril se realizou 
o I Seminário para a família na CCCS.
"..Eu e minha casa serviremos a Jeová."

Primeiro Seminário para a Família de 17 a 20 de Abril - 2014

Pedimos oraciones por nuestro Primer Seminario para la Familia. Iniciaremos desde el dia 17 hasta el 20 de Abril de 2014.

Dia internacional da mulher 2014


Feliz Dia a todas as amadas irmãs da CCCS.



Hoje 8 de março de 2014 queremos expressar nossa mais sinceras palavras de bençãos e felicidade a todas as mulheres em seu dia.