avozmissionaria@hotmail.com

Pesquisar este blog

Postagem em destaque

Nove entre dez brasileiros atribuem a Deus sucesso financeiro

Nove entre dez brasileiros dizem que seu sucesso financeiro se deve a Deus, mostra pesquisa Datafolha. A porcentagem supera 90% ent...

O servo‏



"E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e  santidade...  para  que  tenha  o  que repartir com o que tiver necessidade" (Efésios 4:24, 28).

Um irmão contou-me que certa feita foi feita uma arrecadação na igreja de roupas que foram enviadas para uma colônia de  leprosos, para que fossem distribuídas entre os internos. Lá Perguntaram, a um  menino,  de  qual  roupa  ele  mais  necessitava.  Ele respondeu: "Minhas mãos ainda estão boas e, assim, eu  posso remendar minhas roupas quando  elas  precisam  de  conserto. Existem, porém, alguns cujas mãos não podem mais fazer  esse trabalho. Quando suas roupas apresentam  buracos,  eles  não podem remendá-las e os buracos vão ficando cada vez  maiores até que as roupas não podem mais ser usadas.  Eu  sou  muito grato a Deus porque minhas mãos estão boas. Por favor, levem as roupas para aqueles que não podem remendar suas  próprias roupas. Eles estão mais necessitados do que eu."

Como seria bom se mostrássemos  a  mesma  generosidade.  Não deveríamos murmurar e reclamar, quando sabemos  que  existem pessoas mais necessitadas do que nós. Por que pensamos primeiro em nos? Por que estamos querendo  sempre ter mais e mais, quando muitas vezes olhando tudo  que  temos,  já  é  mais  do  que suficiente para as nossas necessidades!  Por  que  lembramos apenas de nós mesmos, não nos preocupando com  aqueles  que, ao nosso redor, estão carentes de tantas coisas de que temos de sobra?

Nosso Sentimento não se restringe às coisas materiais. Queremos ter dois, três ou mais cargos na igreja,  ignorando  aqueles que desejam fazer alguma coisa sem conseguir.  Queremos  que os nossos amigos sejam exclusivos e ficamos magoados  quando os vemos sair com  outros  amigos.  Queremos  que  todos  os holofotes sejam dirigidos a nós, não  aceitando  que  outros recebam algum reconhecimento ou aplauso. Somos  os  melhores em tudo e queremos que todas as coisas aconteçam por  nós  e para nós. Achando que tudo acontece por nos, semelhante ao galo que pensava que o sol nascia porque Ele cantava.

Conta a História que na roma dos cesares, quando um gladiador conseguia um grande feito na arena, vencendo seus algozes, o imperador para agradar o povo,  o colocava numa biga com uma bela roupa e uma capa  para desfilar na cidade enquanto o povo aplaudia, ovacionava, jogava flores, plantas, dinheiro etc... mas junto com ele estava um soldado romano e quando o gladiador se emocionava com a veneração e estendia o braço para cumprimentar e agradecer os que o saudavam o soldado dava-lhe uma aguilhada com a ponta de uma lança e dizia: " CEZAR É REI, VOCÊ É SERVO" talvez precisemos lembrar do espinho na carne colocado em paulo para entender que por maior que seja os feitos a nos atribuídos, somos apenas servos e JESUS É REI, a Ele toda honra, glória, louvor e adoração Quando Cristo entra em nossas vidas, toda carne e destruída e o amor assume o comando de todas as nossas atitudes. Os nossos dias se tornam muito mais agradáveis e  a  nossa  felicidade não tem mais fim, portanto lembre-mo-nos: "JESUS É REI E NOS SOMOS SERVOS". Tenha uma boa semana e Deus nos abençoe!

Pr. Hilton de Andrade

0 comentários:

Postar um comentário