avozmissionaria@hotmail.com

Pesquisar este blog

Postagem em destaque

Nove entre dez brasileiros atribuem a Deus sucesso financeiro

Nove entre dez brasileiros dizem que seu sucesso financeiro se deve a Deus, mostra pesquisa Datafolha. A porcentagem supera 90% ent...

Tremor atinge a Nova Zelândia; premiê diz que pode haver mortos


A cidade de Christchurch, na Nova Zelândia, foi atingida por um forte terremoto de magnitude 6,3 e profundidade de cinco quilômetros. Há relatos de danos a edifícios, cortes no fornecimento de água e eletricidade e feridos. O premiê John Key disse que pode haver mortos.
"Infelizmente não posso descartar se houve mortos ou não", disse o primeiro-ministro ao Parlamento neo-zelandês.


O tremor ocorreu por volta do meio-dia de terça-feira (cerca de 20h de segunda-feira em Brasília). Houve registros de escombros caindo de um prédio já danificado e pessoas sendo retiradas de alguns escritórios no centro financeiro, mas sem ferimentos graves.
A mídia local informou que computadores foram lançados das mesas, houve danos a edifícios e que uma ponte ficou intransitável.

DANOS

Imagens de emissoras de TV locais mostraram partes de edifícios caindo nas ruas, que ficaram cobertas de tijolos e concreto.
Fendas se abriram em calçadas e estradas e centenas de moradores saíram às ruas confusos e gritando, enquanto sirenes soavam em diversos bairros da cidade.
Muitos carros que estavam estacionados nas ruas ficaram cobertos de pedaços de concreto e tijolos.

O prefeito de Christchurch, Bob Parker, disse que estava no último andar da prefeitura quando o tremor aconteceu, e que foi atirado para o outro lado da sala.
"Eu saí para a rua e vi cenas de grande confusão, muitas pessoas perturbadas. Eu sei que houve pessoas feridas no nosso prédio e que houve indicativos de ferimentos graves em diversas partes da cidade", disse.

RÉPLICAS E RECONSTRUÇÃO

A cidade foi atingida por um forte terremoto de magnitude 7,1 em setembro do ano passado, que causou graves danos generalizados, mas poucos feridos. Desde então, a região tem sido atingida por milhares de réplicas.
O tremor de setembro causou prejuízos de US$ 3 bilhões à cidade que ainda estava efetuando as obras de reconstrução quando foi atingida por um novo terremoto em dezembro.

A Nova Zelândia, que está entre as placas tectônicas do Pacífico e Indo-Australiana, registra uma média de mais de 14 mil terremotos por ano, dos quais cerca de 20 normalmente atingem magnitude 5.

0 comentários:

Postar um comentário