avozmissionaria@hotmail.com

Pesquisar este blog

Postagem em destaque

Nove entre dez brasileiros atribuem a Deus sucesso financeiro

Nove entre dez brasileiros dizem que seu sucesso financeiro se deve a Deus, mostra pesquisa Datafolha. A porcentagem supera 90% ent...

Chapecoense, queda do Avião e o Significado de “LAMIA” causa Boato nas Redes Sociais




Infelizmente a tragédia ocorrida nesta semana com o time chapecoense ainda é motivo de muita especulação entre pessoas que, ao que parece, não utilizam muito o bom senso.
Após a divulgação de material inadequado por alguns canais de notícia, dessa vez circula nas redes sociais o boato de que “LAMIA“, nome da empresa que transportava as vítimas do acidente na Colômbia, significa um tipo de “demônio devorador“.
O que está causando essa polêmica é o fato dos internautas consultarem na Wikipédia a seguinte informação:

Lâmia (em grego: Λάμια), na mitologia grega, era uma rainha da Líbia que se tornou um demônio devorador de crianças. Chamavam-se também de lâmias um tipo de monstros, bruxas ou espíritos femininos, que atacavam jovens ou viajantes e lhes sugavam o sangue.”
Veja um exemplo na imagem abaixo:
Significado de LAMIA causa boato nas redes sociais
O que tais pessoas parecem ter esquecido é de verificar a etimologia do nome dado a empresa aérea, cujo verdadeiro significado é L-A-M-I-A = Línea Aérea Mérida Internacional de Aviación, sendo, portanto, a palavra LAMIA uma sigla  latina e não uma palavra de origem grega.
O simples fato de uma sigla coincidir com outros termos, sejam eles considerados positivos ou não, não prova absolutamente nada sobre a intenção da palavra, especialmente num contexto onde os idiomas são compartilhados com diversas origens históricas, alterando com o tempo o significado de alguns.
O que fica evidente em situações como essa é que precisamos aprender a discernir a origem e a qualidade das informações repassadas na internet, especialmente nas redes sociais, uma vez que isso pode favorecer a disseminação de boatos ofensivos, caluniosos e, no caso em questão, sofríveis, para quem diante do luto se depara com tamanha especulação.
Enquanto o mundo e, em especial, o Brasil, chora a dor de familiares e amigos pela perca dos seus entes queridos, alguns se detém a especular o que não convém.
Invés disso precisamos, sim, como já dissemos em outro artigo, compartilhar a dor e não magoar as feridas. Sentar ao lado, física ou virtualmente, através de palavras ou do simples silêncio, oferecer o consolo e a certeza de que Deus é soberano sobre todas as coisas.

0 comentários:

Postar um comentário